Qual a diferença entre ração standard, premium e superpremium?




São muitos os fatores que devem ser levados em conta na escolha da ração ideal para seu cão. Além da composição nutricional, procedência e qualidade dos insumos e das necessidades alimentícias de cada animal, o preço costuma interferir no momento da aquisição.

Sabemos que apesar do cenário crítico de nossa economia, é difícil manter alguns padrões de consumo que eram comuns em um passado recente. Porém, a responsabilidade com a alimentação de nossos animais não pode ser deixada de lado.

Afinal, existe tanta diferença entre ração standard, premium e superpremium? Veja essa comparação e tire suas próprias conclusões.

Ração Comum ou Standard

São as rações mais conhecidas por são produzidas por grandes empresas, e estão distribuídas fartamente em quase todos os estabelecimentos. O compromisso com a qualidade dos componentes faz com que as fórmulas sejam melhor balanceadas. Essas rações contêm farinha de carne e ossos, glúten de milho, gordura animal, etc.

Não são as ideais, pois contém alto índice de sódio e as proteínas vêm de cereais como a soja que não tem boa recepção digestiva para cães. O preço intermediário também uma grande vantagem desse tipo de ração.

Ração Premium

São produtos de melhor qualidade e possuem grande valor nutricional por serem mais completas e equilibradas que as rações standard. A base desse produto está em carne de frango, gado e demais resíduos de abatedouro. Por utilizarem proteína animal em grande quantidade, a digestibilidade é mais alta e passam uma sensação de saciedade com menor quantidade.

O preço é maior, porém por necessitar de menores quantidades em cada refeição, o custo final acaba se equilibrando com a ração standard.

Ração Superpremium

As rações recebem o rótulo de Superpremium quando atingem determinado índice de digestibilidade, e isso fica a critério dos fabricantes. Para o consumidor verificar esse índice, basta analisar as informações nutricionais dos componentes. Quanto maiores as proporções de proteínas animais utilizadas na composição combinadas com um balanceamento de fibras, maior a digestibilidade. Outro ingrediente que melhora a digestibilidade são os F.O.S. (fruto oligo sacarídeos), que alimentam a microbiota intestinal, ou seja, beneficia o crescimento de “boas bactérias” no intestino, o que leva a uma melhor fermentação do bolo alimentar.

O valor é bem mais elevado, porém a qualidade desse tipo de ração é bastante superior às citadas anteriormente.

E então, conseguiu escolher qual dessas rações se encaixa melhor à alimentação de seu cachorro? Lembre-se de sempre procurar o veterinário de sua confiança para conhecer as necessidades nutricionais de seu cão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.